Histórico – Equatorial Challenge

 Na sequência de uma visita a São Tomé e Príncipe, país onde nasceu, João Brito e Faro sentiu necessidade de contribuir, de forma activa, para o desenvolvimento do seu país natal elegendo como vectores de intervenção, a promoção turística do país, a manutenção e reforço de laços entre povos, pelo reforço da língua e cultura portuguesas e, por último, a ajuda nas áreas da saúde e bem-estar das populações.

Três expedições realizadas em 2003, 2004 e 2005 permitiram aproximar populações ao tornar transitáveis estradas deixadas de utilizar há dezenas de anos; foram reconstruídas duas pontes.

{youtube}NlN6CZ7rcnc|575|375{/youtube}

Foram recolhidos, junto de editoras nacionais, cerca de 45 000 volumes de livros diversos e material multimédia que permitiram:
    – Dotar de manuais várias escolas de São Tomé e Príncipe que tinham absoluta necessidade deste material, beneficiando centenas de alunos.
    – Reforçar o acervo de autores Portugueses de diversas bibliotecas regionais e a própria Biblioteca Nacional de São Tomé e Príncipe.

Beneficiação do Lar Teresiano de São João dos Angolares com a pintura do edifício, a oferta de livros e material didáctico bem como a oferta de redes-mosquiteiro (prevenção da malária) às alunas do internato.

Fornecida medicação diversa e material médico-cirúrgico à missão da AMI naquela região, e ao hospital de São Tomé com especial destaque para um desfibrilhador portátil.

Site   ttl_lzec2005       –   www.latitudezero.net

Os Vídeos Latitude Zero

Os Vídeos Latitude Zero